O poder criativo feminino

O poder criativo feminino

3 Flares 3 Flares ×

Hoje, eu quero te convidar a pensar um pouco sobre o poder criativo feminino. 

 

Para definir o feminino, proponho pensarmos sobre o que não é o feminino

• Feminino não é o oposto de masculino. Essas duas energias não opostas e, sim, complementares: ying e yang, lua e sol, criação e ação.

• O feminino não está presente só nas mulheres. Assim como o masculino não está presente só nos homens. Nós precisamos dessas duas energias para viver em equilíbrio e o mundo precisa deste equilíbrio para continuar abrigando vidas.

• Feminino não é sinônimo de fragilidade, nem contrário de força. Assumir o feminino é o se abrir à sensibilidade, à expansão da nossa percepção e à capacidade de se conectar com os outros e com o mundo. A força do feminino não é usada para dominar o outro e, sim, para fortalecer a si mesma.

• O feminino não é sinônimo de beleza. Pelo menos não esse tipo de beleza como um padrão a ser seguido. Ser feminina é reconhecer a beleza que existe no mundo e em nós mesmas, independente de fórmulas e estereótipos.

• O feminino não é apenas um universo cor de rosa. O feminino está em todas as cores, desde as pastéis até as mais vibrantes, transmitindo desde tranquilidade até uma explosão energética que nos convida a dançar e expressar todo o nosso potencial criativo.

• O feminino não é representação da inconstância e da imprevisibilidade. O feminino é o cíclico, é entender que tudo na vida passa por etapas. Nascer, crescer, amadurecer e se recolher. Infância, juventude, maturidade e velhice. Lua nova, crescente, cheia e minguante. Primavera, verão, outono e inverno. A energia feminina é uma lembrança constante dos ciclos da natureza e da vida, a cada 28 dias.

• O feminino não é impuro, vulgar ou pecaminoso, como nos fizeram acreditar. O corpo feminino é a origem da vida. É a mulher que gesta a vida. É a ela quem dá a luz. É ela que nutre através do leite. É ela que cuida da cria. O feminino é sinônimo de fertilidade. É a expressão mais essencial da criatividade. O feminino é sagrado, deve ser reverenciado, respeitado e honrado. O corpo feminino é fonte de prazer, sim, mas o prazer da troca, da união, um prazer que se expande e nos preenche de energia.

 

Afinal, o que é o feminino?

 

O feminino

É canal

Para criar

Para a cria

Para a criatividade


É canal

Para criar a luz

Para dar a luz

Para ser luz


É canal

Para criar a vida

Para dar vida

Para ser vida

 

O sagrado feminino

 

O sagrado feminino é uma busca pela nossa própria essência, por uma reconexão com o nosso poder interior, pelo resgate da nossa divindade. Ele não está ligado a uma religião específica, mas a um resgate de um conhecimento milenar, trazendo de volta a figura da Deusa, como uma energia que está presente em todas as formas de vida e que é representada pela mulher.

O sagrado feminino traz também a ideia de que tudo aquilo que é sagrado deve ser respeitado e propõe a reconexão da mulher com com as outras mulheres, com seu corpo, com a Terra e com a natureza.

O sagrado feminino é a energia da colaboração substituindo a energia da competição. É o cuidar em primeiro lugar. É o resgate da irmandade entre as mulheres. A ideia de que não estamos separados. Vivemos em uma rede, numa teia de relações e o que afeta a uma pessoa se reflete em todas as outras.

O poder feminino é a força da intuição, de um conhecimento sutil, mas muito poderoso, que nos conecta além da razão, que nos integra a totalidade do universo e aponta para caminhos mais fluídos, cheios de vida e de criatividade.

Nesse vídeo, criado para o grupo Ame-se, eu explico um pouco mais sobre o Sagrado Feminino.

 

 

 

O resgate do poder feminino

 

Resgatar o feminino é voltar para o nosso centro. Expandir a nossa percepção. Nos reconectar com os ciclos naturais. Resgatar a nossa luz. Reassumir o nosso poder.

Existem várias formas de resgatar a nossa energia feminina. Um caminho para isso é nos conectando com os nossos ciclos e com os ciclos da natureza. Outra forma é desenvolvermos um olhar mais atento e dedicarmos um tempo para sentir de fato, não apenas com os nossos 5 sentidos, mas também com o nosso coração. Essa abertura nos permite a conexão com um aspecto essencial da nossa feminidade que é a intuição. Outro jeito muito poderoso é transformar esse encantamento em algo criativo e palpável através da prática de atividades artesanais e artísticas.

 

 

 

Empoderamento

Uma palavra com duas dentro:

em_PODER _AME_nto

Uma palavra-recado:

Ame o seu poder

Empoderar-se

É permitir-se

É ser

É ser-vir

Empoderar-se

É relembrar da força que há em você

É resgatar o seu auto-encantamento

É se reconectar com a sua essência criativa

 

O empoderamento criativo feminino mulheres é o propósito do meu trabalho com a Waau. Nas oficinas que crio, trabalho elementos do universo feminino, como a sensibilidade, a criatividade, a autoestima, a natureza cíclica, o instinto de cuidar e o poder do amor, usando para isso histórias e técnicas de criação, como a escrita criativa, a arte, o artesanato e rituais do sagrado feminino. Participe da Ciranda das mulheres criativas.

 

 

Para receber informações sobre os próximos eventos e as novidades da Waau, faça o seu cadastro gratuito na Caixa de Waaus.

 

3 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 3 Google+ 0 3 Flares ×

Apaixonada por palavras, cores e formas que provocam “waaus”. Facilitadora de fluxos criativos e encantadora de palavras e imagens. Acredito no poder de transformação pela escrita, pela arte e pelo artesanato.